quinta-feira, 28 de março de 2013

Fofurices de Páscoa - Casca de ovo e imprimíveis

Fim de expediente, feriadão chegando (chegou!) e aqui estão as últimas ideias de decoração de Páscoa já que, à partir de agora, eu vou é decorar o meu cantinho para os meus amadinhos:

Do blog Uma Boa Idéia 



Garimpados no Pinterest:

Daqui.






Daqui.

Como fazer e fonte aqui

.
Decoupage, passo-a-passo aqui.


E totalmente no clima Mário bros:

Tutorial aqui.

Para brincar com as crianças para quem é tarada por papel como eu:

Imprima aqui.

 

Imprima aqui.

Uma FELIZ PÁSCOA para todos nós!

quarta-feira, 27 de março de 2013

Inspirações para Páscoa

Estou totalmente encantada com o que eu encontrei nas minhas andanças virtuais para me inspirar para a páscoa:











O coelhinho subindo no balde e os ovos de papel aqui.



Já na expectativa para o domingo de Páscoa...

terça-feira, 26 de março de 2013

Boneco Mário, Luigi e Toad - Kit Festa Mário Bros.

E ontem foi dia de colocar mãos à obra e testar os rótulos para garrafinhas, as tampinhas, recortar os bigodes para os canudinhos, um envelope com as "instruções", os bonequinhos do Mário, Luigi e Toad. Moldes aqui.
Eu já estava sofrendo, pensando que o acabamento tinha que ficar perfeito... Até que eu encontrei essa delícia de vídeo:


Amei também o projetinho do Jackson:

Do blog Kiddos and Crafts.

Mais um vídeo com os bonecos de papel:


Como eu não tenho tantos amigos engajados nessa causa como os moços do vídeo, minha ideia era distribuir os bonecos para, no dia, cada criança trazer o seu (talvez, se fosse a atividade do primeiro período antes do lanche).    

Vamos às minhas experiências... Digamos que a Alice resolveu "testar" nosso protótipo, antes mesmo da mamãe conseguir fotografar:

Fora o fato que eu tinha uma garrafinha de soda limonada que ganhou o rótulo de guaraná rs.

Faltam os bracinhos e perninhas do Mário. E eu passei durex no boné (tentando manter mais "fechadinhos" os encaixes, não fica bom). É razoavelmente simples de fazer (não é complicado mas é trabalhoso!). É necessário um estilete (e eu não achava o meu, o que ajudou a dar uma aparência mais "amassada" a minha primeira tentativa).


O Mário de macacão jeans eu fiz com papel 180g e o com o macacão branco, com folha de sulfite mesmo. Mesmo efeito... Molde aqui.

Agora sim parece uma festa dos irmãos Mário. E eu tenho que confessar: tenho trabalhado ouvindo a música do vídeo game. Até porque, mesmo quando eu não coloco, fico o tempo todo cantarolando (e, inevitavelmente, aquela parte em que você entra no castelo e a música fica meio sombria).

Ah, e o detalhe mais importante: o Caio tá adorando tudo!

domingo, 24 de março de 2013

Ideias de sanduíchinhos

Não precisa me conhecer muito para saber o quanto eu gosto de festejar. E eu gosto, principalmente, de surpreender. Nada contra a "carne louca", que eu amooooo! Mas o mundo gastronômico tem sempre mais a oferecer. Então a busca pela beleza, pelo novo, pelo surpreendente continua... E olha quanta coisa linda as pessoas andam fazendo por aí:





E essa tem até receitinha especial aqui.
Onde achei e receitinha aqui.

Rocambole do site MdeMulher
Receita aqui.



E eu aqui com fome... =(


A lição de casa do Caio


Ainda essa semana, pensei em escrever para a professora do meu filho sobre o volume de lição de casa. É sempre um momento tenso a hora do dever. Então, hoje, enquanto eu procurava "20 palavras com CR" encontrei a seguinte matéria no Diário de São Paulo de 10 de março desse ano: "Lição de casa sem drama", onde um quadro em destaque com o título "Dicas da Pedagoga" diz que:"Crianças de até 8 anos devem ficar meia hora estudando todo dia. Sem pausa..."
Não questiono a necessidade do meu filho praticar a escrita e a leitura. Mas também acho que, para uma criança de 6 anos, o fato dele poder ler qualquer texto já é motivo de comemoração. Ele tem dificuldades com as interpretações.
A matéria do jornal é superficial (no sentido de que não é possível em uma folha de jornal esgotar o assunto) mas sinaliza que os meus questionamentos não são tão infundados assim.
A lição de casa em questão, além de pedir para recortar, colar e copiar as 20 palavras que eu já citei, também incluía fazer o cabeçalho, um exercício de separação silábica, ler um texto e 3 exercícios de interpretação. Essa parte, no caderno de casa. Na pasta de leitura, veio o livro "Cinderela" para leitura, resenha e um desenho. E em uma folha à parte, um exercício de separação de palavras que contenham determinada sílaba e outro para formar frases.

Comecei o colegial fazendo magistério (numa época em que Pedagogia não era pré-requisito para lecionar para alunos de 1ªs à 4ªs séries). Na época, os trabalhos que mais me marcaram foram os que eu consegui integrar a assimilação de conteúdo com jogos, brincadeiras, ou seja, de uma forma lúdica. Uma das minhas lembranças preferidas foi o jogo da memória onde uma carta (feita de color set preto e xerox das imagens) continha a palavra em inglês e a outra em português. Todos os elementos para o aprendizado estavam ali. A imagem, a escrita em inglês e o significado. 
Recentemente, na minha licença-maternidade, uma ex-vizinha, sabendo que eu já tinha estudado e estagiado como professora, me pediu que eu ajudasse seu filho com algumas matérias. 
Nossos dias mais produtivos foram os que eu consegui adaptar suas necessidades a um exercício que parecesse uma brincadeira. Como sua dificuldade para ditados. Eu desenhava na lousa e ele tinha que me dar a resposta de forma escrita corretamente em um tempo determinado. Não deixou de ser um ditado mas parecia um jogo.
Estudar não deve ser chato, não deve ser "a obrigação". Principalmente nessa fase.
Até mesmo no curso de Economia existem professores (meus e da USP Ribeirão) desenvolvendo um "jogo", uma simulação de pregão com o objetivo demonstrar conceitos básicos como preço de equilíbrio, restrição orçamentária, oferta, demanda,...
Não sou especialista no assunto mas também não me acho totalmente leiga.
Tenho noção que vou quase na contramão das mães de filhos em escola pública, onde parte das reclamações, é que as crianças "passam de ano" sem serem alfabetizadas. Mas acho que nesse assunto qualquer exagero é prejudicial.
Vamos ver como as coisas se desenrolam...

sábado, 23 de março de 2013

Nossa festinha de Páscoa - Preparativos & ideias

Quanto mais se aproxima a data, maiores são as minhas dúvidas de como torná-la especial para as crianças. E, passeando pela web, chovem boas ideias, lindas e de execução bem simples.

Amei essa ideia... É um bolo! A receita é desse site aqui.

Esses coelhinhos fofos andaram circulando por muitos dos blogs e suas páginas do facebook que eu acompanho. Mas a verdade é que a primeira vez que eu os vi foi no Pinterest. Não entendi direito o que era essa ninhada mas achei lindo, é óbvio.
Alguns dias depois encontrei essa receita aqui
Alguém tem dúvida que eu vou tentar? rs.




Esses biscoitinhos eu já fiz algumas vezes (com o cortador que havia comprado para usar na festa da Alice e acabei nem utilizando) mas sempre fico em dúvida quanto ao tempo que eles duram (a versão sem cobertura). 
Pesquisar na internet também não ajuda. As informações variam muito. Encontrei quem use 3 dias com data de validade e quem use 20. E os ingredientes são, basicamente, os mesmos.
Já imprimi as solapas (e também papéis para chocolatinhos como para as sacolinhas Mário Bros do Caio), que eu também tirei do blog Fazendo a Minha Festa.

Achei prontinha para download free uma arte com toppers (teoricamente para cupcakes mas que agora mesmo estão se tornando enfeite para canudo e etiqueta para saquinho de papel) e bandeirinhas para canudinhos.
Eu estava recortando as impressões, enquanto o Caio escrevia por extenso os numerais. E trabalhávamos cantando "Meu pintinho amarelinho", um dos novos hits da vida da Alice (que fica apontando o dedinho para a própria mão naquela parte que diz : "Cabe aqui na minha mão, na minha mão" rs).




Outra ideia bacana foi essas tagas de coelhos-ovos do blog Dcoração. Já imaginei usá-lo com etiquetas (tags) em ovos caseiros, em um móbile, etiqueta de sacolinhas,...


E mais outras ideias adoráveis:













E ainda temos uma semana inteirinha para curtir fofurices! =)


sexta-feira, 15 de março de 2013

Aniversário de 7 anos do Caio - Festa Street Fighter - Boneco de papel


Mais um desafio para a mamãe aqui. Resolvi fazer bonecos de papel (tão na moda e tão melhor que encher minha futura minúscula casinha com quinquilharias) para a mesa do bolo do Caio. Para a pessoa sem noção aqui, pareceu muito simples à primeira vista. Nem tanto...
Nesse site achei o molde do Ken "3D" de papel. Lindo demais!



Hoje eu já imprimi 2 folhas de papel vergê 120g (porque era a que eu tinha aqui) e comecei os testes. Até agora o que eu achei mais difícil foi o "relevo" da bochechinha. Eu nem estava entendendo enquanto o recortava... Mas até que está ficando bem parecido.
Queria encontrar um Ryu parecido. Continuamos às buscas, rs.

Ontem conversei com uma confeitaria sobre o bolo. Pensei em comprar uma ou duas tortas holandesas que eu, particularmente, adoro. Com o diferencial que sai o mesmo preço comprar a torta grande ou pedaços em embalagem individual plástica. Um achado para um aniversário fora de casa. 



Como eu andei fuçando lembrancinhas na Elo 7, o Google Chrome fica me mandando ofertas de coisas lindinhas como chaveirinhos do Toad. Ai, ai... É muita tentação! rs.
Ontem também chegaram pelo correio os copinhos, balões e adesivos que eu havia encomendado. Tudo melhor que o esperado.


Estou ansiosa aguardando retorno da empresa do banner. Enviei email para os dois endereços deles que tenho.
Na linha gastronômica, uma outra ideia é fazer docinhos de leite em pó no formato das luvas de boxe do Balrog.


E a esperança de muita diversão antes do "Game Over"! =)